Trilhas

Trilha da Lagoinha do Leste
695 visualizações

Trilha da Lagoinha do Leste

Trilha da praia do Matadeiro para a Lagoinha do Leste e Pantano do Sul

Trilha da praia do Matadeiro para a Lagoinha do Leste e da Lagoinha para o Pantano do Sul – 10,23 km de extensão.

Recomenda-se que vá de ônibus e salte na frente da igreja  da Praia da Armação, ou se for de carro deixe-o em um estacionamento privado.

se chegar bem cedo você pode observar um lindo nascer do sol no miradouro da praia e desfrutar da uma temperatura mais agradável.amanhecer na praia da armação

Ao lado da igreja pegue a Rua Fernando Beck e siga até a Rua Luiz Gonzaga dos Santos atravesse a ponte e caminhe até o final da praia do Matadeiro

Equipe tecnica

A equipe

A ponte

Daqui para frente não é permitido trafegar de bicicleta e moto, trata-se de uma unidade de conservação.

dólmen do matadeiro

Nossa primeira descoberta foi essa pedra apoiada sobre três bases, o que caracteriza um dólmen, ao lado dele uma pedra com uma cúpula que geralmente pode ser encontrada nas proximidade dos monumentos megalíticos ou nele mesmo. Segue exemplo de duas cúpulas em Cham Des Bondons, França.

pierre-plantee-detail pedra Plantada sul da França (livro de Bruno Marc)

dólmen 1

Dali para frente a trilha está bem degradada, erosões, voçorocas, raízes expostas e uma série de dificuldade que a caracteriza como sendo uma trilha pesada

trilha destruída

Uma boa parte da trilha é coberta pela mata com alguns espaços para se contemplar a paisagem do costão

A trilha 1

Quem usa boné ou chapéu, tenha cuidado com os galhos das arvores para não chocar a cabeça, um de nossos integrantes bateu a cabeça umas duas vezes.

A trilha 2

Um bom ponto de parada é um córrego de água fresca e cristalina.A trilha 3

Enquanto alguns de nós desceram pelo leito do córrego, outros ficaram para salvar a vida de uma jovem, que escorregou nessas pedras.  veja o relato no link https://youtu.be/0KSNBg5oIXI

Ao Chegar na beira do costão procuramos gravuras rupestres no dique de diabásio, mas não encontramos, porem algumas pedras chamaram nossa atenção : Esse bloco de diabásio deslocado de sua posição original e outra pedra apoiada sobre três bases, também geograficamente fora de sua posição.

A trilha 5

A trilha 6

Megálito com característica de dólmen

A trilha 7

O trafego de pessoas estava bem intenso na trilha, alguns grupos aproveitaram o lindo sábado de 13 fevereiro para curtir uma trilha e conhecer a famosa Lagoinha do Leste

A trilha 8

Após sair da cobertura vegetal da Mata Atlântica, caminha-se por um bom trecho de restinga em meio a um panorama encantador.

A trilha 9

A trilha 10

Ao chegar próximo ao Buraco da Baleia, encontramos mais uma pedra em forma de altar  com um pequeno megálito e uma cuba escavada na própria rocha ainda com água da chuva dentro.

 

A trilha 11

Próximo a ele um menir que não dá para definir se é natural ou houve ação antropogênica.

A trilha 12

 

Buraco da baleia

 

Com bastante cuidado a praia da Lagoinha deixa de ser um sonho e torna-se uma realidade.

Ponta do Facão

A trilha 13

A trilha 14

Ao chegarmos próximo a Lagoinha encontramos uma pedra lascada que parece ter sido calçada por trás para formar uma mira, também catalogamos e tiramos suas coordenadas geográficas.

A trilha 15

Outro meio de chegar na Lagoinha do Leste é saindo de barco do Pantano do Sul.

 

A trilha 16

Após um gostoso banho no rio da Lagoinha represado pela praia, iniciamos a subida no Morro das Antenas Megalíticas.

A trilha 17

O desafio é grande e muitas pessoas desistem da aventura, até porque a trilha é pedregosa e parece que vais desmoronar tudo a qualquer momento.

Infelizmente a atenção do setor público para esses fatores turísticos é 0%.

A trilha 18

A trilha 19

Porem, quando se chega ao topo o panorama e a energia é realmente de outro mundo, e você pode aproveitar para surfar nas nuvens.

a surf

A trilha 20

A trilha 21

 

Seguindo pelo cimo do morro das Antenas Megalíticas chega-se ao Pão de Açúcar da Lagoinha, o derrame granítico é muito impressionante.

A trilha 22

Mas, o impressionante mesmo é esse megálito, que sempre me chamou a atenção quando eu mergulhava nesse fantástico costão, nós chamávamos “Cabeça do Bode”.

A trilha 23

 

 

A trilha 25

A trilha 26

A trilha 27

Não se sabe como essas rochas ainda estão presas a esse desfiladeiro, totalmente ingrime quase em 90 graus.

A trilha 28

A medida que se contorna o costão muitas outras surpresas vão sendo reveladas.

A trilha 29

Ha muito o que pesquisar ainda nessas encostas de nosso mar grosso.

Achamos o caminho dos pescadores e retornamos por ele, mas nos perdemos um pouco antes de encontrarmos a trilha do Pantano para a Lagoinha e fomos parar na coroa do Morro do Pantano do Sul. O panorama de lá é simplesmente espetacular!

A trilha 30

A trilha 31

A trilha 32

A única decepção é o estado das trilhas. Confira os videos e os relatos de acidentes.

A trilha 33

Com toda degradação a natureza ainda nos reserva um manancial de água cristalina e fresquinha.

A trilha 34

Bom passeio, mas todo cuidado é pouco, se precisar de orientação me ligue (48) 96072201 – Adnir Ramos